NOTÍCIAS

Associação Caririense de Luta contra Aids inicia em Juazeiro Campanha de Prevenção no Carnaval

A Campanha conta com o apoio e parceria da 21ª Coordenadoria de Saúde, SESC Juazeiro, RNP+CE e Faculdade de Juazeiro do Norte CE.

25/02/2019 às 19:57:29

Alegria e muita diversão já se espalham pelas ruas com o pré-carnaval. E com o Carnaval chegando, a Associação Caririense de Luta contra Aids orienta a população sobre como curtir a festa sem esquecer de se cuidar da saúde. A pessoa pode estar aparentemente saudável, mas pode contrair uma infecção sexualmente transmissível.

A Associação Caririense de Luta contra Aids realizará campanha de prevenção as IST/HIV/Aids, Hepatites Virais e também com orientações para outros cuidados de saúde no período pré carnavalesco. Entre os dias 25 de fevereiro e 2º de março, diferentes ações de prevenção e promoção à saúde serão realizadas em Juazeiro do Norte .Na programação, orientações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento de HIV/ aids, sífilis, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis (IST), cuidados com hipertensão, auto medicação e proteção solar e outros. Haverá também distribuição de preservativos e material de informação.

O uso do preservativo masculino ou feminino em todas as relações sexuais é o método mais eficaz para evitar a transmissão das infecções sexualmente transmissíveis, do HIV/aids e das hepatites virais B e C. Evita também a gravidez. A camisinha masculina ou feminina pode ser retirada gratuitamente nas unidades básicas de saúde.

As infecções sexualmente transmissíveis são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos. Em ambos os sexos, tornam o organismo mais vulnerável a outras doenças, inclusive a aids, além de terem relação com a mortalidade materna e infantil.

Estima-se que 866 mil pessoas vivem com o HIV no Brasil. De acordo com o Boletim Epidemiológico de HIV e Aids divulgado no final do ano passado, a epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção de casos de aids em torno de 18,3 casos a cada 100 mil habitantes.

Em 2018, foram confirmados 1.346 casos de infecção por HIV, 722 casos de aids e 247 óbitos no Ceará. Em relação às hepatites virais, no mesmo ano, 175 casos de hepatite B e 196 de hepatite C foram confirmados no estado.

Quem tem relação sexual desprotegida pode contrair uma IST, tanto por sexo vaginal quanto anal e oral. Por isso, brinque no Carnaval. Caia na folia com sua saúde em dia.

A Campanha contará com o apoio e parceria da 21ª Coordenadoria de Saúde, SESC Juazeiro, RNP+ e Faculdade de Juazeiro do Norte CE.

 

 

Associação Caririense de Luta contra Aids

 

Deixe seu comentário

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios